Categorias
Personagens Bíblicos

12 Apóstolos: Quem foram? Seu propósito? Como morreram?

Em Mateus 10.1-4, está registrada a lista com os nomes dos doze apóstolos que Jesus escolheu:

Estes são os nomes dos doze apóstolos: primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão;
Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu;
Simão, o zelote, e Judas Iscariotes, que o traiu.

Mateus 10:2-4

Apóstolo, significado:

O termo apóstolo vem do grego ἀπόστολος, e seu sentido básico é “enviado”. Era uma palavra conhecida e utilizada antes de aparecer na Bíblia, contudo, seu uso era raro.

No mundo antigo, a palavra “apóstolo” tinha a ver com expedições marítimas. Indicava simplesmente os navios que eram enviados em missões militares, ou expedições navais. Posteriormente, veio a ser aplicado ao grupo de expedicionários que povoavam uma localidade e, por fim, passou a designar o comandante de tal grupo. [fonte] Nicodemus, Augustus. Apóstolos: A verdade bíblica sobre o apostolado (Locais do Kindle 320-321). Editora Fiel. Edição do Kindle. [/fonte]

Entretanto, o uso do termo Apóstolo na Bíblia é diferente. Pois, os apóstolos de Jesus foram enviados com o poder da autoridade e de serem representantes dele. Conforme o Evangelho de Lucas, Jesus foi o primeiro a utilizar esse termo no Novo Testamento e o usou para designar os doze que havia escolhido:

Ao amanhecer, [Jesus] chamou seus discípulos e escolheu doze deles, a quem também designou como apóstolos
Lucas 6:13

Jesus falava aramaico, portanto é provável que originalmente ele tenha usado o termo aramaico shaliah, do verbo שָׁלוּחַ, “enviar”, que foi traduzido por Lucas e demais autores como ἀπόστολος. No Novo Testamento, a palavra apóstolo é usada 37 vezes para se referir claramente aos doze que Jesus escolheu, e outras 17 vezes para se referir a Paulo. [fonte] Nicodemus, Augustus. Apóstolos: A verdade bíblica sobre o apostolado (Locais do Kindle 339-341). Editora Fiel. Edição do Kindle.[/fonte]

Nota do Editor
Quer aprender mais sobre os Apóstolos? Indicamos os seguintes livros:

out of stock
as of março 16, 2020 4:12 am
Amazon.com.br
R$ 159,00
out of stock
1 new from R$ 159,00
as of março 16, 2020 4:12 am
Amazon.com.br

A missão dos apóstolos

A missão dos doze seria dar testemunho da morte e ressurreição de Cristo e anunciar o evangelho a toda criatura. (Atos 1.8) Portanto, deveriam repassar os ensinamentos de Jesus até os confins da terra e assim lançar os fundamentos da igreja de Cristo.

Fazer parte dos doze significava ter sido chamado

pessoalmente por Jesus para estar com ele diariamente em seu ministério itinerante pela Galileia e Judeia, ter recebido autoridade e poder para realizar sinais e prodígios, expulsar demônios em seu nome, pregar a proximidade do Reino dos céus e representar Jesus como enviado dele para o anúncio desta mensagem.

[fonte]Nicodemus, Augustus. Apóstolos: A verdade bíblica sobre o apostolado (Locais do Kindle 679-682). Editora Fiel. Edição do Kindle.[/fonte]

Ao nomear doze apóstolos e enviá-los em missão aos judeus, Jesus estava instituindo uma nova liderança espiritual em Israel. Visto que os mestres da lei e fariseus tinham exaurido o povo com legalismo e regras muito distantes da Palavra de Deus. Os líderes religiosos eram hipócritas e abusavam do povo usando o nome de Deus. Sendo assim, tinham falhado terrivelmente em pastorear o povo nos caminhos do Senhor.

Jesus, então, escolhe doze para proclamarem o Reino de Deus. O número 12 é muito importante, pois se refere às doze tribos de Israel. Dessa forma, os doze escolhidos representam os líderes do Novo Israel, sendo a contraparte dos doze patriarcas da nação. (Mt 19.28)

Os doze apóstolos seriam os líderes deste Novo Israel, uma nação espiritual, composta de judeus e também por pessoas de todas as partes do mundo, unidos pela fé no Messias. Jesus estava preparando o caminho para sua igreja, o Israel espiritual.

Os nomes dos doze apóstolos em grego e aramaico (hebraico):

Os nomes dos apóstolos da forma que conhecemos hoje são traduções. Eles possuem também uma versão grega e a sua forma original em aramaico:

Simão Pedro
Grego: Simon Petros (Σίμων πέτρος)
Aramaico: Shim’own Kephas
Significado: Ouvir, Pedra

André
Grego: Andreas (Ανδρεας)
Aramaico: Aner
Significado: Másculo, viril

Tiago (lembre que dois apóstolos tinham esse nome)
Grego: Iakóbos ( Ἰάκωβος)
Aramaico: Iakob
Significado: Sustentado pelo calcanhar

João
Grego: Ioannes (Ἰωάννης)
Aramaico: Yohanan
Significado: O Senhor é misericordioso

Felipe
Grego: Philippos (Φιλιππος)
Significado: Amigo dos cavalos

Bartolomeu
Grego: Bartholomaios (Βαρθολομαιος)
Aramaico: bar-Tâlmay
Significado: Filho de Talmay

Mateus
Grego: Maththaios (Ματθαιος)
Significado: Presente de Deus

Tomé
Grego: Thomás (Θωμάς)
Aramaico: Ta’owm
Significado: O Gêmeo

Judas (nome de dois apóstolos)
Grego: Ioudas (Ἰούδας)
Aramaico: Yehudah
Significado: Abençoado

Simão, Zelote
Grego: Simon (Σίμων)
Aramaico: Shim’own
Significado: Aquele que ouve

Características de um Verdadeiro Apóstolo:

Quando falamos sobre apostolado precisamos lembrar que há algumas características bíblicas dos verdadeiros apóstolos, isso nos ajuda a não sermos enganados por pessoas que se auto denominam apóstolos nos dias de hoje.

  1. Os apóstolos tinham de ser testemunhas daquilo que Jesus havia feito e ensinado durante seu ministério terreno. Especialmente, ser testemunhas pessoais de sua morte e ressurreição. (Atos 1.21-22)
  2. Todos os apóstolos foram vocacionados (chamados) diretamente por Jesus – os doze, bem como, posteriormente, Paulo. (Atos 9.4-6; LC 6.12-16)
  3. O ministério apostólico foi especial e exclusivo para a fundação da Igreja de Jesus. (Ef 2.20-22)
  4. Os apóstolos realizavam sinais e milagres na autoridade outorgada por Jesus, como um sinal de que eram comissionados por ele. (Atos 5:12; 8:14-17).
  5. O ofício de Apóstolo nunca foi transmitido ou atribuído por alguém que não fosse Jesus. Por exemplo, veja que houve diáconos, obreiros e  presbíteros escolhidos pelas próprias igrejas (Atos 14:23). Todavia, os apóstolos nunca transferiram o seu ofício a algum sucessor.[fonte] Publicado em “Chamada da Meia Noite“, edição de abril 2004, Página 15. Resumido por Miguel Ângelo Luiz Maciel. Disponível em: http://solascriptura-tt.org/EclesiologiaEBatistas/CaracteristicasVerdadeiroApostolo-CMeiaNoite.htm [/fonte]

Existem Apóstolos hoje?

Não existem mais apóstolos hoje. Pois, não existem pessoas hoje que possam ter cumprido os requisitos bíblicos de um verdadeiro apóstolo:
• Ter visto o Senhor;
• Ter aprendido diretamente com Jesus;
• Ser vocacionado por Jesus para o apostolado.

Logo, não existem mais apóstolos hoje como os 12 e Paulo. O ofício de apóstolo cessou com a morte do último deles.[fonte] Nicodemus, Augustus. Apóstolos: A verdade bíblica sobre o apostolado (Locais do Kindle 875-876). Editora Fiel. Edição do Kindle.[/fonte]

Além disso, não são necessários hoje mais apóstolos para lançar os fundamentos da igreja cristã. Porque o fundamento está posto.O que se precisa hoje é de pastores e mestres que edifiquem sobre aquilo que nos foi entregue fielmente através da Palavra de Deus e do ministério dos Apóstolos. (1Co 3.10-11)

Como morreram os Apóstolos?

Para saber como cada um deles morreu, precisamos utilizar a Bíblia e também escritos da Tradição, pois, nem todos eles tem a sua morte relatada na Bíblia. Sendo assim, vamos falar brevemente sobre cada um.

Judas Iscariotes: suicidou-se por enforcamento, porque estava com remorso por trair Jesus. Ao enforcar-se, caiu de cabeça nas rochas e suas entranhas se espalharam pelo chão. (Mt 27.5; Atos 1.18)

Tiago, chamado Maior: a tradição diz que foi delatado ao Rei Herodes Agripa, acusado de quebrar a lei por pregar o evangelho, então, foi sentenciado à morte. Morreu decapitado pela espada de um soldado.

Filipe: a tradição diz que foi crucificado e torturado até a morte, por pregar o evangelho à esposa de um procônsul romano.

Mateus: Não se sabe ao certo. Há relatos de que morreu torturado na Etiópia, provavelmente por estar pregando sobre Jesus.

Tiago, o menor: foi sentenciado pelo Sumo Sacerdote Ananus à morte por apedrejamento, sob acusação de quebrar a lei judaica.

Pedro: Foi perseguido juntamente com outros cristãos durante o império de Nero de Roma. Foi sentenciado à morte por ser seguidor de Jesus. Ao ser crucificado, pediu para que o colocassem de cabeça para baixo, por se sentir indigno de morrer como Cristo.

André: Foi crucificado na Grécia, numa cruz em forma de X, pois se recusou a renegar sua fé em Jesus.

Tomé: Morreu perfurado pelas lanças de soldados na Índia, por ter pregado o evangelho à esposa do rei Misdaeu e ela ter se convertido.

Simão, o zelote: poucos registros a respeito de sua morte, alguns dizem que morreu por negar adorar o deus do sol. Pode ter acontecido na Pérsia.

Judas Tadeu: teria sido martirizado no Líbano.

Bartolomeu: não há registros escritos sobre sua morte. Contudo, acreditasse que morreu crucificado, ou esfolado, ou decapitado pelo rei Polymius.

João: morreu em Éfeso, por volta do ano 103 d.C., com cerca de 94. Morreu de causas naturais em sua velhice.

O testemunho dos Apóstolos

Excetuando Judas Iscariotes que traiu Jesus, os outros apóstolos servem de exemplo para nós. Pois, dedicaram sua vida pelo Reino de Deus e o Evangelho. Quase todos foram martirizados, ou seja,  mortos por conta da pregação da mensagem de Jesus. Não buscaram riquezas, conforto e glória para si. Pelo contrário, seguiram o Senhor Jesus, carregando suas próprias cruzes e morrendo por amor ao Salvador. Foram torturados, deixaram sua casas, sofreram dificuldades extremas, tudo isso pela missão que Jesus havia dado a eles.

A missão deles cumpriu seu propósito, e hoje a igreja está aqui por conta de sua dedicação e empenho. Ainda hoje, a igreja deve permanecer fundamentada no ensino dos apóstolos. Homens levantados por Deus para com fidelidade e amor edificarem sua igreja.

Material complementar:

Caso queira se aprofundar, veja o vídeo do Rev. Augustus Nicodemus explanando sobre o assunto:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *