Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua Justiça – O que significa?

Essa frase está presente no Sermão do Monte, registrado no Evangelho de Mateus. Ela quer dizer que a prioridade em nossa vida deve ser buscar um correto relacionamento com Deus e reconhecer seu governo soberano sobre nossas vidas.1 Bíblia de Estudo de Genebra

A expressão está em Mt 6.33, e Mt 6.33, e nesse post analisaremos seu contexto, significado e também sua importância para os dias atuais.

Sermão do Monte

O Sermão do Monte começa no cap.5 de Mateus e vai até o 7.29. Ele é o primeiro grande bloco de ensino de Jesus registrado por Mateus. Seu tema central é a verdadeira justiça. Os líderes religiosos daquela época possuíam uma justiça artificial e exterior com base apenas na lei.

No entanto, a justiça que Jesus descreve é verdadeira e essencial, começa no interior, no coração. Essa verdadeira justiça do Reino de Deus deve ser aplicada à vida diária. Ademais, esse princípio é aplicado por Jesus a nossa relação com Deus na adoração, com as coisas materiais e com as outras pessoas.2 WIERSBE, Warren. Comentário Bíblico Expositivo – Novo Testamento 1

Buscai primeiro

Significa colocar a vontade de Deus em primeiro lugar na nossa vida. Assim, viveremos para glorificá-lo. Para isso é necessário ter fé de que Deus cuida de nós (Mt 6.30Mt 6.30). Bem como, é preciso crer que Deus é nosso Pai Celestial e sabe das nossas necessidades (Mt 6.32Mt 6.32). Sendo assim, colocá-lo em primeiro lugar é reconhecer que ele tem cuidado de nós. Por isso, podemos viver com firme confiança e dependência nele.

O discípulo de Jesus deve substituir a busca dos bens materiais por uma busca pelo Reino de Deus. Buscá-lo em primeiro lugar quer dizer:

  1. Desejar acima de tudo entrar no Reino;
  2. Dedicar-se a participar da tarefa de proclamar as boas-novas do reino salvador de Deus.
  3. Viver de formar a acumular tesouros no céu e não na terra, esperando o dia que o Reino estará plenamente presente entre nós.3 CARSON, D.A. O Comentário de Mateus.

Reino de Deus

O Reino sobre o qual Jesus está falando é o que ele havia inaugurado durante seu ministério terreno. As éticas desse Reino eram imediatamente aplicáveis aos seus discípulos. Além disso, Jesus proclamou o poder transformador do reino que capacita os crentes a viverem de acordo com os ensinos do Reino.

O Reino de Deus já havia sido prometido desde os profetas do Antigo Testamento (Dn 2.44Dn 2.44). Ele viria com a demonstração de poder redentor de Deus com soberania sobre todos os povos. A mensagem de Jesus de que o Reino estava próximo (Mt 4.17Mt 4.17) significava que a esperava havia terminado. O próprio Rei havia chegado.

Embora o Reino tenha chegado com Jesus, ele só estará completo entre nós quando Jesus voltar na sua 2ª vinda. Então, ele estabelecerá completamente seu Reino entre nós e aniquilará todo o mal.

Justiça

Justiça deve ser entendida como nos versículos de Mt 5.6,10,20Mt 5.6,10,20; Mt 6.1Mt 6.1. Significa buscar uma vida justa em total submissão à vontade de Deus. Ou seja, praticar o que Jesus ensina ao longo de todo o sermão. A justiça de Deus abomina aquilo que é mau, vil e errado nesse mundo. Buscar sua justiça é, portanto, viver para o Reino em meio ao mundo que lhe é contrário.

E todas essas coisas vos serão acrescentadas

“todas essas coisas” – se refere ao que Jesus tinha falado anteriormente em Mt 6.31-32, Mt 6.31-32, as preocupações sobre o alimento, bebido ou vestimentas. O nosso sustento e sobrevivência não devem ser nossa principal preocupação. Pois, quando colocamos a vontade e a justiça de Deus em primeiro plano em nossa vida, ele cuida de todo o resto.

Esse trecho termina com “Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo. Basta a cada dia o seu próprio mal” (Mt 6:34Mt 6:34). Sendo assim, cabe ao cristão viver um dia de cada vez, não se preocupando com o amanhã. Jesus está ensinando que a graça de hoje é suficiente para hoje. Caso o amanhã traga problemas, haverá graça renovada para nos suprir.

Confiança em Deus ou no Dinheiro (Mamom)

A ordem de Jesus para buscarmos em primeiro lugar o Reino de Deus está relacionada a Mt 6.24Mt 6.24. Quando buscamos em primeiro lugar o Reino de Deus, confiamos que ele está cuidando de nossas vidas. Assim, dependemos apenas dele. Porém, há a tentação de não confiar no Senhor como seu provedor e recorrer a outras formas de segurança.

Em Mateus 6.24, Mateus 6.24, Jesus fala que não há como servir dois senhores. O outro senhor que aparece nesse versículo é o Dinheiro, ou Mamom o deus da riqueza. Aqueles que não confiam em Deus como seu provedor, colocarão sua confiança no dinheiro. Em consequência, dedicarão suas vidas a buscar as riquezas como fonte de sustento. O dinheiro se mostra como um meio de conseguir tudo que precisamos. Dessa forma, nos envolve e seduz nos levando a confiar nele como fonte de sustento e prazer.

Entretanto, quando buscamos o Reino de Deus em primeiro lugar e confiamos no Senhor, não nos deixamos enganar pela sedução das riquezas. Assim, não serviremos aos nossos próprios desejos gananciosos. Mas, confiamos que o Senhor nos sustentará e nos acrescentará tudo que precisamos. O Senhor nos dará o sustento, e nosso maior desejo será servir ao seu Reino.

Não significa uma vida na preguiça esperando as coisas caírem do céu. Mas, uma vida dedicada ao serviço do Reino que glorifica a Deus e recebe dele tudo que precisa. Receberemos dele a força para trabalhar e o bom fruto como resultado. Receberemos a paz para dormir e recuperar as forças. Receberemos dele a chuva para a plantação no tempo devido. A graça dele será o suficiente para conduzir as nossas vidas.

Leave A Reply

Your email address will not be published.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More