Deus usa os loucos para confundir os sábios – O que significa?

O apóstolo Paulo diz para a igreja de Corinto:

Mas Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios, e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes.

1 Coríntios 1:271 Coríntios 1:27

Esse versículo faz parte de um contexto maior (1Co 1.18-311Co 1.18-31), onde Paulo está explicando como a salvação que vem de Deus é loucura para o mundo. Entretanto, para aqueles que estão sendo salvos, essa aparente loucura é o poder de Deus.

A Verdadeira Sabedoria

As pessoas nesse mundo se consideram sábias, cheias da verdade e desprezam a vontade de Deus. De acordo com os padrões desse mundo, a religião é algo folclórico, sem importância para a vida. Ela deve ser algo pessoal e não influenciar as decisões importantes da sociedade.

Os homens constroem suas próprias verdades e acreditam que a ciência tenha sempre a razão. Por esses e outros motivos, os homens se enchem de soberba e se consideram sábios, poderosos e ilimitados.

Contudo, Deus reina soberano sobre todo o universo. Ele conhece a arrogância e soberba da sabedoria humana. Por isso, ele faz questão de escolher as coisas loucas do mundo para envergonhar os que se dizem sábios.

A verdadeira sabedoria vem de Deus (Pv 2.6-10Pv 2.6-10). Ele dá a verdadeira sabedoria para aqueles que o buscam e são retos. A sabedoria os ensina a ver a vida como Deus deseja. Aqueles que sentem que precisam de mais sabedoria devem pedi-la para Deus (Tg 1.5-6Tg 1.5-6).

O problema com a sabedoria dos homens é que ela sempre busca se afastar de Deus e excluí-lo desse mundo. Entretanto, a verdadeira sabedoria vem do próprio Deus e nos conduz a um relacionamento mais íntimo com ele.

O Evangelho é loucura!

A mensagem da cruz é loucura para o ser humano (1Co 1.181Co 1.18). Pois, quem poderia acreditar que Jesus é o Filho de Deus? E ainda mais, que ele morreu numa cruz por causa dos pecados da humanidade? Se não bastasse isso, também se afirma que ele ressuscitou ao terceiro dia, está vivo hoje e voltará para buscar seu povo!?

Quem pode crer nisso?

Apenas aqueles que foram tocados pelo Espírito de Deus. Para os que se perdem, isso é loucura. De acordo com os padrões desse mundo, a mensagem do evangelho é pura loucura. Porque o mundo não pode compreender a profundidade do poder e da sabedoria de Deus (Rm 11.33Rm 11.33). A mensagem de Jesus é como um escândalo!

No entanto, até mesmo a “loucura” de Deus é mais sábia que a “sabedoria” dos homens. Portanto, Deus usa a simplicidade do evangelho para demonstrar que a verdadeira loucura está naqueles que o rejeitam.

Quem são os Loucos?

Aqueles que foram iluminados pelo Espírito Santo. O homem sozinho não consegue compreender a mensagem do evangelho. É preciso que o Espírito de Deus o ilumine. Conforme o próprio Jesus já havia dito em João 16.7-13João 16.7-13. O Espírito convence do pecado, da justiça e do juízo. Sem ele não saberíamos quão grave são os nossos pecados. Também não saberíamos que a justificação e perdão para os nossos pecados estão apenas em Jesus.

Os loucos são aqueles que foram escolhidos e chamados por Deus (1Co 1.271Co 1.27). Veja que Deus escolheu as coisas loucas do mundo, as humildes, desprezadas e fracas. Aqueles que o mundo rejeita e não dá valor. Contudo, Deus os ama e os chama para serem seus. Para que a glória seja totalmente dada a Deus (1Co 1.30-311Co 1.30-31) , por seu amor e bondade. Os loucos são aqueles que aceitam a mensagem da cruz e vivem para ela.

O texto não está falando a respeito de qualquer tipo de loucura, ou de fazer coisas mirabolantes e sem sentido. A loucura é crer e proclamar o evangelho que o mundo despreza (1Co 1.21-241Co 1.21-24). A loucura da mensagem da cruz é proclamada através da loucura da pregação. A mensagem de Jesus é escândalo para uns e loucura para outros. Pois, ela revela a verdade de Deus como luz sobre as trevas e os homens amam as trevas (João 3.19-20João 3.19-20). Mas, o Espírito Santo revela aquilo que recebemos de Deus gratuitamente (1Co 2.12-141Co 2.12-14).

Deus escolheu as coisas humildes do mundo para sua glória!

Uma das maiores “loucuras” a respeito do evangelho é que Deus nos dá algo tão maravilhoso gratuitamente. Não podemos comprar ou conquistar a salvação. Jesus conquistou e dá pela graça, através da Fé. Isto não vem de nós, é dom de Deus (Ef 2.8-9Ef 2.8-9).

O mundo tem sua escala de valores, considera algumas pessoas melhores e mais importantes que outras. Nessa escala existem aqueles que são desprezadas e esquecidos. Aqueles que são excluídos como se não tivessem importância.

No entanto, é justamente para esses que Jesus pregou primeiro. Não foi para os mais importantes da sociedade, os mais ricos e poderosos ou famosos. Jesus levou o evangelho aos fracos, oprimidos e rejeitados. Isso demonstra que não foi porque essas pessoas merecessem, mas simplesmente porque Jesus é gracioso. A graça dele é um escândalo para o mundo.

O mundo esperaria que o ser mais importante do universo não fosse se misturar com a “ralé”. Os grandes reis jamais gastavam seu tempo cuidando pessoalmente de um mendigo. Jesus, porém, dá toda a sua atenção àqueles que não tem nada para lhe oferecer. Com os poderosos, no entanto, ele é duro e incisivo.

O amor dele que restaura vidas, e as transforma, mostra a graça de Deus que não está sujeita aos padrões desse mundo. Os ricos e poderosos não podem alcançar o favor de Deus com seu dinheiro, sua influência e fama. Eles precisam se humilhar diante de Deus. Pois, diante dele não existe rico ou pobre, rei ou plebeu (Gl 3.28-29Gl 3.28-29). Todos pecaram e carecem da glória de Deus (Rm 3.23Rm 3.23).

Portanto, a salvação não é alcançada pelos nossos méritos, força, bens materiais ou qualquer coisa de valor nesse mundo. A salvação é fruto da graça de Deus, conquistada por Jesus Cristo na cruz e dada gratuitamente para aqueles que creem em seu nome.

 

 

Leave A Reply

Your email address will not be published.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More