Jezabel – Significado, Características, Conheça a personagem bíblica!

Jezabel é uma das personagens mais marcantes do Antigo Testamento. Mas, ela não é lembrada por coisas boas. Ao invés disso, sua vida é um exemplo de desprezo pelas coisas de Deus. Ela se dedicou a fazer aquilo que é mau e a perseguir aqueles que amavam o Senhor.

Conhecendo Jezabel:

Em 1Rs 16.31, e1Rs 16.31, ela é citada pela primeira vez. Jezabel é filha de Etbaal, rei dos sidônios. Sendo assim, ela é uma princesa de um povo pagão que adorava Baal e Astarte. O nome Etbaal significa “com Baal”. Antes de ser rei, ele era um sacerdote da deusa Astarte, dos fenícios. Provavelmente, por conta disso, sua filha Jezabel era tão dedicada e devota aos deuses pagãos.

Jezabel se torna a esposa de Acabe, rei de Israel. O casamento dos dois é um ponto de virada na vida de Acabe. Ele era forte fisicamente, com potencial para liderar o povo em batalhas. Contudo, sua moral e caráter eram fracos e duvidosos. O casamento era a forma de selar a aliança de Acabe com o Rei Etbaal. O objetivo era fortalecer as relações entre Israel e a Fenícia.

A história nos mostra que Jezabel tinha altíssima influência sobre Acabe (1Rs 21.251Rs 21.25). Ela era implacável. Inclusive, tão logo ela é apresentada na Bíblia, vemos que Acabe passa a adorar Baal e os deuses pagãos.

Significado do nome: Jezabel.

Jezabel ou Jezebel significa “Baal exalta” ou “Baal é marido de” ou “impura”. É um nome de origem fenícia em homenagem ao falso deus Baal.

Ela é citada 13 vezes no 1º Livro dos Reis e 6 vezes no 2º Livro dos Reis.

A Rainha Jezabel:

Ela foi esposa de Acabe, Rei de Israel. Nesse tempo, Israel estava dividido em dois reinos: o Reino do Norte e Reino do Sul, sendo o norte chamado de Israel e o sul de Judá.

Acabe era um rei mau que se envolveu com diversos falsos deuses, em especial Baal e Aserá. Além disso, a Bíblia relata que ele cometeu coisas piores que qualquer outro rei que o antecedeu (1Rs 16.301Rs 16.30).

Jezabel era uma rainha tão má quanto Acabe. Ela não honrava ao Deus de Israel, pelo contrário, ela incentivava a idolatria e sustentava diversos profetas dos falsos deuses (1Rs 18.191Rs 18.19). Ela se esforçou em desviar o povo de Israel dos caminhos de Deus. Do mesmo modo, a rainha combateu e perseguiu os profetas do Senhor, inclusive, matando-os (1Re 18.41Re 18.4).

Acabe, Elias e Jezabel.

Mesmo com toda perseguição e assassinatos dos profetas do Deus verdadeiro, ainda havia um profeta em Israel. Seu nome era Elias. Elias foi enviado por Deus para confrontar Acabe e a perversidade de seu reinado e dizer que não haveria chuva em Israel (1Rs 17.11Rs 17.1). Vendo que o as palavras do profeta se concretizaram, Acabe se esforçou para encontrar Elias (1Rs 18.101Rs 18.10) e trazê-lo à força para reverter a situação, provavelmente. Depois de certo tempo, Elias é enviado por Deus para falar novamente com Acabe, para dizer que haveria chuva (1Rs 18.1-21Rs 18.1-2).

Acabe recebe Elias de maneira ríspida, chamando-o de perturbador de Israel (1Rs 18.17-181Rs 18.17-18). Elias diz que a verdadeira perturbação de Israel era culpa do rei Acabe, que havia abandonado os mandamentos do Senhor e seguido aos baalins. A acusação de Elias se aplica tanto a Acabe quanto a Jezabel. E para mostrar a todo povo quem era o Deus verdadeiro, Elias desafia todos os profetas de Baal e Aserá que comiam à mesa de Jezabel (1Rs 18.191Rs 18.19).

Os profetas de Jezabel são desafiados por Elias

Eram 450 profetas de Baal e 400 profetas de Aserá que eram protegidos por Jezabel. Todos eles foram convocados para o desafio de Elias. O desafio consistia em trazer dois novilhos, um para Baal e outro para o Senhor Deus verdadeiro. Os profetas e Elias construiriam um altar, cada qual para seu deus, e colocariam o novilho sobre o altar. Não acenderiam fogo, mas clamariam. O deus que respondesse com fogo sobre o altar mostraria que é o verdadeiro (1Rs 18.23-241Rs 18.23-24).

Os profetas de Baal clamaram do amanhecer até meio dia, mas não houve resposta (1Rs 18.261Rs 18.26). Elias zombou deles, perguntando se por acaso Baal não estaria dormindo ou viajando (1Rs 18.271Rs 18.27). Todo povo havia se reunido para ver o desafio. Os profetas continuaram clamando até o entardecer, mas Baal não havia respondido (1Rs 18.291Rs 18.29). Elias, então, chama a atenção do povo e reconstrói o altar de Deus que estava em ruínas (1Rs 18.30-311Rs 18.30-31). Ele pede que encharquem o altar e o novilho, de forma que a água escorria pelo altar (1Rs 18.351Rs 18.35). Pediu que encharcassem o altar mais uma vez.

A Resposta do Deus Verdadeiro

Elias orou ao Senhor, na hora do sacrifício da tarde. Ao fim da oração, Deus enviou fogo do céu que caiu sobre o altar e o novilho. Toda água que encharcava o altar também evaporou (1Rs 18.36-381Rs 18.36-38). Ao ver isso, o povo de Israel se lançou ao chão, prostrado. Eles declaravam “O Senhor é Deus! O Senhor é Deus!” (1Rs 18.391Rs 18.39). Elias então ordenou que fossem capturados os falsos profetas que serviam a Baal e depois os matou (1Rs 18.401Rs 18.40).

Esse episódio é uma afronta a Jezabel que se sentiu humilhada, pois viu seus profetas sendo derrotados e mortos. Além disso, viu seus falsos deuses sendo derrotados publicamente. E o povo agora voltava seu coração para o Deus verdadeiro. Ela se irou profundamente.

A Vingança de Jezabel:

Ao ouvir o que Elias tinha feito, Jezabel jura por sua vida que fará a Elias o que eles fez aos seus profetas. Ela jura que dentro de 24h cumpriria sua vingança (1Rs 19.1-21Rs 19.1-2). Contudo, Elias foge e o Senhor o protege. Jezabel não consegue cumprir sua vingança e novamente é humilhada.

Ela se julgava poderosa e ilimitada. Mas, o Deus de Israel mostraria para ela quem é verdadeiramente Rei sobre Israel. Acabe e Jezabel esqueceram-se do Senhor e se esforçaram em enfrentar o Deus vivo. Portanto, eram tolos, embora não o soubessem.

A Vinha de Nabote:

Esse relato está em 1 Reis 21. Nabote era um homem que tinha uma vinha ao lado do palácio em Jezreel. Acabe desejava a vinha dele e lhe fez uma oferta de compra. Contudo, Nabote recusa, pois aquela vinha era uma herança de família.

Acabe fica irado, para de comer e fica emburrado. Jezabel vê a situação de seu marido e lhe pergunta o que está acontecendo. Nesse momento, Acabe lhe conta a situação. Ela diz que dará um jeito de conseguir a vinha de Nabote para seu marido.

Jezabel planeja uma ação extremamente maligna (1Rs 21.9-101Rs 21.9-10). Seu plano consiste em contratar duas pessoas para um falso testemunho diante do povo, dizendo que Nabote amaldiçoou a Deus e ao rei. Após isso, Nabote seria apedrejado. Posteriormente, seu plano é realizado e Nabote é assassinado (1Rs 21.141Rs 21.14). Então, Acabe toma posse da vinha que tanto queria.

Sentença contra Jezabel.

Jezabel se sentiu muito astuta ao traçar seu plano para conseguir a vinha de Nabote. Contudo, ela não levou em consideração que o Deus de Israel não ignora o pecado e a maldade. Tão logo Acabe se levanta para tomar posse da vinha, o Senhor ordena que Elias vá ao encontro dele para proferir a sentença. Jezabel e Acabe foram julgados por Deus e agora ouviriam as suas sentenças (1Rs 21.181Rs 21.18).

A sentença de Acabe diz que onde os cães lamberam o sangue de Nabote, ali também lamberão o sangue de Acabe. Haveria desgraça sobre a vida de Acabe e seus descentes masculinos seriam eliminados (1Rs 21.19,211Rs 21.19,21).

Quanto a Jezabel, os cães a devorariam junto ao muro de Jezreel (cidade da vinha de Nabote). (1Rs 21.231Rs 21.23)

Nunca existiu ninguém como Acabe, que se vendeu para fazer o que o Senhor reprova, pressionado por sua mulher Jezabel.

1 Reis 21:251 Reis 21:25

A Sentença se Cumpre!

Acabe morreu durante uma guerra, registrada em 1 Reis 22. Ele morreu em seu carro de guerra, seu sangue escorreu pelo carro. Após sua morte, ele foi sepultado e seu carro de guerra foi lavado. No local onde o carro foi lavado, o sangue de Acabe escorreu pelo chão e ali o seu sangue foi lambido por cães (1Rs 22.37-381Rs 22.37-38). Dessa forma, a primeira parte da sentença contra Acabe se cumpriu.

Em 2Rs 9.6-8, 2Rs 9.6-8, lemos que o Senhor levanta Jeú para concretizar outra parte da sentença proferida anteriormente. Jeú reúne um exército e marcha contra o filho de Acabe, o Rei Jorão.

Quando Jorão viu Jeú, perguntou: “Você vem em paz, Jeú? ” Jeú respondeu: “Como pode haver paz, enquanto continua toda a idolatria e as feitiçarias de sua mãe Jezabel? ”
Jorão deu meia-volta e fugiu, gritando para Acazias: “Traição, Acazias! ”
Então Jeú disparou seu arco com toda força e atingiu Jorão nas costas. A flecha atravessou-lhe o coração e ele caiu morto. (grifo nosso)
2 Reis 9:22-242 Reis 9:22-24

A Morte de Jezabel

Em 2Rs 9.10, 2Rs 9.10, lemos que dentro da sentença há uma parte especialmente reservada a Jezabel. Pois, os pecados e crimes dela foram gravíssimos.

Após matar Jorão, Jeú entra na cidade e vê Jezabel arrumada e maquiada em uma janela. Certamente ela queria que ele a visse bela. Mas, ele grita e pede que alguém lançasse Jezabel pela janela. Um dos funcionários do palácio cumpre sua ordem:

Em seguida Jeú entrou em Jezreel. Ao saber disso, Jezabel pintou os olhos, arrumou o cabelo e ficou olhando de uma janela do palácio.
Quando Jeú passou pelo portão, ela gritou: “Como vai, Zinri, assassino do seu senhor? ”
Ele ergueu os olhos para a janela e gritou: “Quem de vocês está do meu lado? ” Dois ou três funcionários olharam para ele.
Então Jeú ordenou: “Joguem essa mulher para baixo! ” Eles a jogaram e o sangue dela espirrou na parede e nos cavalos, e Jeú a atropelou.

2 Reis 9:30-332 Reis 9:30-33

Jeú deu ordens aos seus servos para que sepultassem Jezabel, mas quando eles vão buscar seu corpo, encontram apenas restos. Pois, cães haviam comido a maior parte do corpo da rainha Jezabel.

Jeú entrou, comeu, bebeu e ordenou: “Peguem aquela maldita e sepultem-na, afinal era filha de rei”.
Mas, quando foram sepultá-la, só encontraram o crânio, os pés e as mãos.
Então voltaram e contaram isso a Jeú, que disse: “Cumpriu-se a palavra do Senhor, anunciada por meio do seu servo Elias, o tesbita: Num terreno em Jezreel cães devorarão a carne de Jezabel,
os seus restos mortais serão espalhados num terreno em Jezreel, como esterco no campo, de modo que ninguém será capaz de dizer: ‘Esta é Jezabel’ “.
2 Reis 9:34-372 Reis 9:34-37 (grifo nosso)

A sentença sobre os pecados e crimes de Jezabel se cumpriu conforme o Senhor havia dito! Pois, o Deus de Israel não falha e não mente. A arrogância de Jezabel precedeu sua ruína e seu fim foi terrível, assim como toda sua vida.

Características de Jezabel:

A rainha Jezabel foi uma mulher manipuladora, sedenta por poder, gananciosa, infiel a Deus, assassina, cruel e causou destruição para toda sua família.

Espírito de Jezabel

Sua maldade e conduta horripilantes foram tão marcantes que ela ainda é citada no Novo Testamento, séculos depois. Em Ap 2.20-23, Ap 2.20-23, é citada uma Jezabel. Sua citação faz alusão à Jezabel do Antigo Testamento.

Essa menção, sobretudo, designa uma mulher que é astuta e persuasiva, capaz de exercer grande influência sobre outros; que tinha talentos de alta ordem e que era uma defensora completa do que é errado. Ela era inescrupulosa na maneira como agia para alcançar seus objetivos. Além disso, a tendência de sua influência era conduzir as pessoas a práticas abomináveis de idolatria.

Leave A Reply

Your email address will not be published.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More