O que é Ouro de Ofir na Bíblia?

O

Ouro de Ofir na Bíblia é um ouro puríssimo e raro. Sua origem é a cidade de Ofir. Ele é usado como exemplo de algo precioso e refinado. (Jó 28.16) O Rei Davi doou 105 toneladas desse ouro para fazer o revestimento das paredes do templo do Senhor em Jerusalém. (1Cr 29.4)

Cidade de Ofir na Bíblia

Não se sabe a localização exata da cidade.

Ofir é mencionada como um local onde se comprava muito ouro de excelente qualidade. Muitos mercadores da época passavam por lá. É possível que fizesse parte de importantes rotas comercias.(2Cr 9.10,21) A cidade tinha ótima reputação como fornecedora de ouro e outras coisas raras e caras. Contudo, não se sabe se o ouro era originalmente produzido na cidade, ou trazido de outros lugares por mercadores. Sendo assim, Ofir poderia ser o local onde era extraído e tratado o ouro ou um ponto comercial de coisas finas. 1 Brown-Driver-Briggs – verbete אוֺפִיר

Salomão comprou 14 toneladas e 700 quilos de ouro de Ofir (1Rs 9.28) e frequentemente enviava seus navios para essa cidade. Posteriormente, o Rei Josafá também quis comprar comprar ouro de lá. (1Rs 22.48)

Uso simbólico do Ouro de Ofir

O Ouro de Ofir era sinal de qualidade, preciosidade e raridade. Do mesmo modo, era usado em poesias e metáforas bíblicas. Talvez esse seja seu significado mais importante na Bíblia. Para determinar qual era a intenção do autor ao mencionar o ouro de Ofir é necessário sempre ler o contexto da passagem.

Passagens bíblicas:

  • Em Jó 28.16 o Ouro de Ofir é símbolo de algo muito precioso. Porém, mesmo sendo tão caro e valioso, ele não poderia comprar nem um pouquinho de sabedoria. Sendo assim, a sabedoria vale mais do que ouro e jóias. Mesmo que muitos homens desejem ouro acima de tudo, na verdade, deveriam buscar a sabedoria.
  • Em Isaías 13.11-12, Deus pronuncia seu julgamento contra os ímpios e diz que eles serão mais raros que ouro puro de Ofir. Nesse contexto, enfatiza-se a raridade do ouro para expressar quão ampla será a ação de Deus contra os ímpios tornado-os escassos. Portanto, quando compara o ser humano com o ouro de Ofir, Isaías está falando de condenação. Ao contrário da música da  atualidade que usa o ouro de Ofir para exaltar o homem. No contexto bíblico o Ouro de Ofir nunca é usado nesse sentido.
  • Em Jó 22.22-25, Elifaz aconselha Jó a jogar (metaforicamente) o seu ouro de Ofir nas rochas dos vales. Ou seja, deveria se desfazer do ouro, pois, o Senhor seria sua riqueza. Esse conselho indica que o Senhor deve ser tratado como aquilo que nós temos de mais precioso.
  • Outros exemplo do uso do Ouro de Ofir é Sl 45.9; aqui é usado como sinal de beleza poética ao adornar a bela noiva real. Levando-se em consideração que esse Salmo pode ser considerado messiânico, (ou seja, está falando de Jesus) e que muitas vezes a igreja é chamada noiva de Cristo. (Ap 19.7; 2Co 11.2) O Salmo pode estar apresentando a igreja adornada com o Ouro de Ofir, ao lado de seu salvador.

Breve análise de ‘Ouro de Ofir’ em Raridade de Anderson Freire

Com o lançamento da música Raridade de Anderson Freire, em 2013, o termo Ouro de Ofir entrou na moda. Na canção há a comparação entre você e o ouro puro. Ali se canta que você é mais raro, valioso e importante.

Embora seja uma canção que cative muitas pessoas, é necessário ter precaução com algumas de suas ênfases. Pois, é uma música que exalta o ser humano. Sendo assim, não pode ser considerado um hino de louvor a Deus. Porque, embora mencione Deus, o foco da canção é você.

Biblicamente aprendemos que o ser humano é feito à imagem e semelhança de Deus (Gn 1.26) e que Deus nos ama (João 3.16). Essas coisas são mencionadas na canção. Contudo, a música enfatiza tanto o valor do ser humano, que se esquece de que diante de Deus nós somos impuros, sujos como trapos de imundícia (Is 64.6). E precisamos nos arrepender (Mt 4.17).

Portanto, ao ouvir a canção você pode imaginar que Deus tem obrigação de ajudá-lo por causa de seu valor inato. E Deus ao reconhecer seu valor não tem outra escolha a não ser ajudá-lo. No entanto, a Bíblia nos diz que somos imundos por causa de nosso pecado (Ef 2.1-3). Então, Deus, por sua graça e bondade, nos salva em Cristo. (Ef 2.4-5) Isso não vem de nós, do nosso valor ou de nossas atitudes. É somente pela misericórdia de Deus. (Ef 2.8) Portanto, ele deve ser exaltado. Ele é mais raro e valioso que o ouro puro de Ofir. Não a nós, somente a Ele toda Glória. (Rm 11.33,36)

 

 

Fontes   [ + ]

1. Brown-Driver-Briggs – verbete אוֺפִיר

Add comment